5 de mar de 2010

RADIO COMUNICAÇÃO

Rádio é um recurso tecnológico das telecomunicações utilizado para propiciar comunicação por intermédio da transcepção de informações previamente codificadas em sinal eletromagnético que se propaga através do espaço.

Uma estação de radiocomunicação é o sistema utilizado para executar contatos à distância entre duas estações, ela é composta basicamente de um transceptor (transmissor-receptor) de radiocomunicação, de uma linha de transmissão e da antena propriamente dita. A este sistema se dá o nome de sistema irradiante.

A radiodifusão é uma emissão comercial, que ocorre apenas por transmissão de sinais, sem transcepção dos mesmos.

Receptor

A função do receptor de rádio é a decodificação dos sinais eletromagnéticos recebidos do espaço, captados pela antena, transformando-os em ondas sonoras, sinais digitais e/ou analógicos. A televisão e o rádio automotivo, por exemplo, são receptores.

O equipamento é conectado a uma antena receptora, um sistema de sintonia e amplificadores de áudio, vídeo e/ou sinais digitais.

Transmissor

O radiotransmissor converte sinais sonoros, analógicos ou digitais em ondas eletromagnéticas, enviando-os para o espaço através de uma antena transmissora, para serem recebidos por um radio receptor, por exemplo, emissoras de AM, FM ou de TV Alem do LW.

Transceptor

O rádiotransceptor, funciona das duas formas, como transmissor e receptor, alguns exemplos de transceptor são, o telefone celular, os radares nos aeroportos, os equipamentos de comunicações em veículos oficiais, e de empresas particulares.

A portadora é um sinal analógico em forma de onda (tipicamente sinusoidal) que será modulado (alterado) para representar a informação a ser transmitida. A portadora é, geralmente, de freqüência superior à do sinal modulador (o sinal que contém a informação).

A portadora é utilizada na radiodifusão. Os sinais de modulação em freqüência (FM) e de modulação em amplitude (AM) são ambos transmitidos com o auxílio de freqüências específicas na portadora. A freqüência própria de uma estação de rádio é, na verdade, a freqüência central da portadora. Sinal analógico é um tipo de sinal contínuo que varia em função do tempo. Um velocímetro analógico de ponteiros, um termômetro analógico de mercúrio, uma balança analógica de molas, são exemplos de sinais lidos de forma direta sem passar por qualquer decodificação complexa, pois as variáveis são observadas diretamente. Para entender o termo analógico, é útil contrastá-lo com o termo digital.

Fonte: QTC 05 GRUPO DE RADIO AMADOR E PXTUBARÕES DA PRAIA

3 comentários:

Radiocomunicação disse...

Ótimo texto e definição.

Rádio Motorola disse...

Muito Bom! A radio comunicação no brasil tem avançado muito ao longo dos anos. Trazendo equipamentos cada vez mais eficientes.

Rádio Comunicador CDC disse...

O texto é claro e objetivo, explicando basicamente como funciona a rádio comunicação. Hoje os aparelhos digitais oferecem funcionalidades e aplicações que nem se parecem com sistemas de rádio.

Recomendo a Leitura!